Solados customizados: a nova arma dos profissionais





Customização! Essa é a nova mania entre os jogadores de futebol...

Já não é de hoje que jogadores customizam as cores do cabedal de suas chuteiras. Agora, a novidade fica por conta dos solados. Acessível somente aos profissionais, a customização dos solados das chuteiras é uma das armas para maximizar a performance dentro de campo.

Me chamou a atenção a lesão do jogador francês Yann M'Vila. No dia do jogo amistoso contra a Sérvia, quando veio ao solo, percebi que usava um solado diferente da chuteira que usava. Calçando uma CTR360 Maestri II, o solado parecia ser de uma Tiempo Legend. Como não achei fotos na época, deixei de postar. Mas, como as fotos do lance apareceram, e a confirmação veio com elas, achei o assunto digno de um post.












Normalmente, os jogadores lançam mão desse recurso quando trocam o modelo da chuteira que usam. Um exemplo é o holandês Robin van Persie. Contumaz usuário da linha Predator, o atacante usava o modelo adiPower, quando foi "obrigado" a trocar pelas novas LZ. Resultado: a fabricante foi impelida a manter o solado das antigas adiPower na nova LZ de van Persie. Acho que é uma questão de preferência/adaptação.



O mesmo aconteceu com o espanhol Cèsc Fabregas e o volante-volante Nigel de Jong. Fabregas usava o modelo CTR360 Maestri, e de Jong usava Adidas adiPure III. Ao serem contratados pela Puma, ambos passaram a usar o modelo PowerCat 1.12, mas com o solado das Puma King.





Mas é do oriente que vem a customização que mais me chama a atenção. Bizarramente, na minha opinião, um jogador desconhecido aparece usando uma Nike Total 90 Laser IV, com solado da Nike Mercurial Vapor 7. Extremamente feio!



E você leitor... se pudesse usaria esse artifício?

Siga o Blog no Twitter e curta nossa página no Facebook para saber das últimas atualizações.