terça-feira, 30 de setembro de 2014

Você é fã de chuteira de couro preta? Saiba o que a Adidas prepara para 2015!


Desde a época de 90, elas tem se tornado artigos raros. Estou falando das (cada vez menos presentes nos gramados) chuteiras pretas.

Não é mistério que o autor desse Blog já não é um menino, muito pelo contrário... Aqui do alto dos meus 38 anos, confesso que tenho assistido, com o nariz que não tem mais o que torcer, à uma invasão de cores e modelos cada vez mais bizarros dentro dos campos ao redor do mundo.

Talvez você, jovem de 18 - 20 anos, não saiba, mas, antes da Copa do Mundo de 1998, era uma raridade assistir um jogo que houvesse uma chuteira que não fosse preta.

Apesar de dar o braço a torcer com inovações como as chuteiras com meia integrada, além de materiais que imitam e tem até o toque do couro natural; chuteira pra mim tem dois requisitos: ser de couro, e, se possível, preta.

Obviamente, nunca dispensaria um bom modelo pelo fato de ser branco, azul, ou vermelho. Agora, chuteira sintética e verde-limão-amarelo-marca-texto-rosa-berrante, essa eu passo.

Semana passada, meu amigo Vitor Marins (dono do Blog Camisas e Chuteiras) me perguntou se eu traria a nova Nike Elastico Superfly TF dos EUA, para testes.
A minha resposta foi: "- Rapaz, imagine eu,com quase 40 anos, entrando na minha pelada de galo véio com uma chuteira que parece uma botinha de paquita..."; ao que ele respondeu: ""- Hahahaha..."
Enfim, não rola. Comentei com minha esposa, a resposta foi ainda mais desanimadora: "- Amor, ia ficar uma "gracinha"! ;) #SQN".

O texto ainda segue por mais algumas linhas, mas fique ligado que vocês não perdem por esperar.

Vários sites já abordaram o assunto, e sempre fica aquela sensação de nostalgia. Se pudessem, perguntariam: "- Fabricantes, pra quê isso?".
O SuperEsportes publicou um infográfico sobre o assunto. Nele, consta que o inglês Allan Ball foi o primeiro a usar uma chuteira que não fosse preta.
O FalaGlorioso também traz um gráfico com estatísticas sobre a mudança das chuteiras pretas para as coloridas.
Folha (AQUI e AQUI) e Estadão (AQUI) também já deram destaque ao assunto.

Obviamente, como tudo nesse mundo, a maioria dos jogadores adere aos modelos com cores chamativas em detrimento do preto por questões contratuais, como foi o caso do tricolor Fred. Por 5 milhões acho que até eu... ;D

Afinal, onde é que eu quero chegar com isso? Esse post é mais do que apenas opinião, e você passa a saber o por quê dessa explanação toda a partir de agora.

Um dos motivos é que uma das principais fomentadoras dessa prática esdrúxula de colocar cores sem noção e materiais sintéticos nas chuteiras, a Adidas, pode estar perto de redimir-se de, um dia, ter feito uma chuteira que não fosse preta e de couro natural.

O outro é que esse modelo já está sendo divulgado em outros Blogs ao redor do mundo com informações que não traduzem a realidade dos fatos.

Esse modelo está sendo chamado de Adidas Copa Mundial 2Copa Mundial 2.0Copa Mundial SL... o povo dá o nome que quer a ele, mas não divulga o nome correto: Adidas El Gloro.

Pronta para chegar ao mercado em março de 2015, a Adidas El Gloro é, na minha opinião, desde a Adidas adiPure 4 SL, a chuteira mais bonita fabricada pela Adidas nos últimos 4 anos.


Da esquerda para a direita, as cores serão: black/white/vivid greenblack/white/vivid redblack/white/solar blueblack/white/bright yellow, white/black e black/white.

Ela terá o cabedal feito em couro de canguru na parte frontal, e couro Taurus (sintético desenvolvido pela fabricante) na parte do calcanhar; para maior conforto e menor peso, respectivamente.


Seu interior terá uma forração em camurça sintética para maior conforto. A língua terá um elástico para que se mantenha firme.

O solado terá a tecnologia Comfort Frame (o mesmo das atuais 11Pro 2) com moldura parcialmente transparente, o que garante um visual moderno e conforto excepcional.

Agora, Dona Adidas, basta ressucitar o couro de canguru nas Predator, acabar com o SprintSkin, e manter apenas duas cores (que combinem) em seus modelos para "zerar o jogo"...


            

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Adidas F50 adiZero 4 nas cores running white/rich blue/solar green


Adidas lançará em novembro um novo esquema de cores para o modelo F50 adiZero 4.

Conforme informações, ele será chamado de running white/rich blue/solar green.


As Adidas F50 adiZero 4 são as chuteiras de velocidade da marca.

Elas tem cabedal em HybridTouch, material supermacio que combina as vantagens do couro e do material sintético para maior conforto, menor absorção de água, e grande resistência à abrasão.

O cabedal ainda conta com as tecnologias Dribbletex (que é uma textura 3D em alto relevo que cria maior contato com a bola, oferecendo controle de bola em alta velocidade, mesmo sob condições climáticas secas ou molhadas) e Speedfoil (material novo, durável e flexível inspirado nos barcos à vela mais rápidos do mundo. Ele combina o benefício da leveza, suavidade e flexibilidade e com a alta durabilidade para um excelente posicionamento do calcanhar).

O novo solado SpeedTraxion traz uma configuração de travas de tração mais rápida que produz um aumento de 14% para aceleração máxima, e 3% de intensidade para curvas mais rápidas e mudanças de direção, comparado com o antigo SprintFrame das adiZero 3.


            

sábado, 27 de setembro de 2014

Post do Leitor, Você no Só Chuteiras! Hoje: Cleber Silva, Wesley Gusmão, Juliano Ferreira Cavalcanti, Ralyson Rayala e Thika Jackson


Quem faz o Post do LeitorVocê no Só Chuteiras! de hoje são Cleber Silva, Wesley Gusmão, Juliano Ferreira Cavalcanti, Ralyson Rayala e Thika Jackson.

Cleber Silva e Wesley Gusmão são integrantes da Marinha Brasileira e aquartelados na Base Naval de Aratu, em Salvador-BA. Ambos jogam na seleção do quartel. Cleber Silva usa Nike HyperVenom Phelon e Nike Tiempo Mystic. Wesley Gusmão usa Nike HyperVenom Phelon e Adidas Absolado.



Juliano Ferreira Cavalcanti tem em sua coleção Adidas Predator Absolute, Adidas F10, Nike Mercurial Veloci 5 TF, Nike Mercurial Superfly 2, Nike CTR360 Enganche 2 TF, Nike CTR360 Enganche 3 TF, Adidas Predator Absolado LZ TF e Nike Mercurial Victory 5 TF.




Ralyson Rayala é de Natal-RN e mostra suas Nike Elastico Finale II, Adidas Adipower Predator LZ TRX SG, Nike Bomba Finale II PREM e Nike Total 90 Laser 4 KL FG.



Nosso leitor delonga data, Thika Jackson adquiriu um novo par de Addas Tunit F50.


Quer ver sua coleção publicada aqui?

Envie e-mail para sochuteiras@gmail.com com fotos e descrição dos modelos. Lembre-se: fotos sem descrição dos modelos não serão publicadas.

            

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Template feito por Free WordPress Themes | Editado por Só Chuteiras Blog